quinta-feira, 3 de maio de 2012

E o Furacão venceu


Em jogo de dois tempos distintos, o Furacão vence o Cruzeiro por 1 x 0 na Vila Capanema pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.
No primeiro tempo, o Cruzeiro manteve o padrão das últimas apresentações, entrando em campo completamente desligado enquanto o Atlético Paranaense entrava com todo o ímpeto.
A tônica do time do Cruzeiro eram os constantes erros de passes.
Foram muitas chances para o Furacão, mas o gol saiu aos 8 minutos em uma jogada irregular, em que Roger e Amaral sofreram faltas não marcadas e no contra-ataque, Guerron disparou deixando Diego Renan e Leandro Guerreiro na saudade, cruzou da linha de fundo e os zagueiros pra variar falharam, permitindo que Edigar Junio chegasse primeiro na bola para fazer o único gol da partida.
Destaco a escalação invertida de Amaral jogando na armação junto com Roger, quando o mais lógico seria que jogasse mais atrás para que Marcelo Oliveira fizesse essa função de armação
Se levarmos em consideração a participação de Anselmo Ramon no jogo, o Cruzeiro jogou o primeiro tempo com 10 jogadores.
No segundo tempo o Cruzeiro voltou melhor, com a entrada de Souza no lugar de Amaral.
O Atlético Paranaense queimou as três substituições aos 14 minutos e ainda teve seu lateral direito jogando machucado, na base do sacrifício a maior parte do tempo.
A entrada de Wallysson no lugar de Wellinton Paulista (por que não Anselmo Ramon, meu Deus???),  nada acrescentou ao time, mas mesmo assim o Cruzeiro foi superior ao Furacão durante todo o segundo tempo, com mais chutes a gol, domínio de bola, bolas na traves e chances incríveis perdidas pelos dois times.
Gostei das estreias de Alex Silva e Souza, que se não foram brilhantes, melhoraram os respectivos setores em que atuaram.
Finalizando, o time continua jogando mal, desequilibrado, errando passes demais, perdendo gols incríveis e entrando em campo para jogar sem aquela garra necessária a um time que deseja vencer. Quando acorda, já tomou 1, 2 ou 3 gols.

Oque acho da Matéria

5 comentários:

Ótima materia. Sintetizando muito bem o Cruzeiro de hoje, PÉSSIMO.

Obrigada! Pena que o sentimento é de tristeza pelo time.

Margareth, adorei a matéria,parabens!., exatamente o que vem se passando com o nosso Cruzeiro. Abraços. Angela Semino.

Boa análise Margareth. Foi o que de fato aconteceu ontem, para a tristeza dos cruzeirenses. Ainda acho o Atlérico PR muito fraco e penso que venceremos o jogo de volta. Mas tá difçil ir mais longe. Abraços/Ana Leal

Valeu Angela, infelizmente a realidade é cruel...

Postar um comentário